Booking.com

O Café Mozart em Salzburg se encontra na famosa rua comercial Getreidegasse 22, e foi inaugurado com esse nome no dia 6 de outubro de 1923 pelos irmãos Ambros e Alois Crozzoli. O local é o segundo café mais antigo de Salzburg. O primeiro mais  antigo café, o Gerlich’schen und Erich’schen Kaffehaus ficava nesse mesmo local no século XVIII.

Os irmãos eram construtores e compraram o café em 1919. A idéia original era fazer um porão de vinhos italianos, mas decidiram fazer uma deliciosa cafeteria.

Após a Primeira Guerra Mundial, a Áustria queria melhorar sua economia, mas a maioria da população não tinha condições financeiras para iniciar seu próprio negócio ou até tinham medo disso. Mas os irmãos se arriscaram e receberam até os parabéns do governador do estado de Salzburg, Franz Rehrl. O poeta Otto Pflanzl compôs até um poema em homenagem à bravura dos irmãos.

Já no ano de sua inauguração a Sociedade de Xadrez de Salzburg (Salzburger Schachgesellschaft) mudou seu lugar de encontros do Café Corso, para o Café Mozart. Mas infelizmente os irmãos foram a falência em 1927.

Sendo assim Karl Sekanzer comprou o Café Mozart, fez uma grande reforma na casa e o reinaugurou com o nome “Kaffee- und Weinrestaurant Mozart”.

O Café foi vendido novamente em 1935 e foi comprado por Leo e Vally Kutscha. O Café virou, nos anos 30, um ponto de encontro para vários artistas, como por exemplo Slavi Soucek, Eduard Bäumer, Hilde Heger, Felix Albrecht Harta, Meinhard von Zallinger e Roland von Bohr, e também músicos como Bernhard Paumgartner e Friedrich Gulda.

Após a Segunda Guerra Mundial, o Café Mozart foi, entre maio a outubro de 1945, o Clube dos Oficiais do 756° Batalhão Americano.

Nos anos 70 vários artistas se apresentaram no Café e fizeram dele o Café de Literatura da cidade. Alguns dos clientes regulares eram Thomas Bernhard, Herwig Seeböck e Rudolf Bayr. O local continuou a ser o ponto de encontro mais procurado por artistas até 1995, quando os donos Fritz e Maria Kutscha fecharam o Café. Ele permaneceu fechado de 1995 a 2006 e serviu como um estoque de roupas para uma loja.

O Café foi reinaugurado em 2006 pelo gastrônomo Kurt Ranzenberger. Também as leituras de livros foram recomeçadas em 2008, com a ajuda de Claudia Karner.
Hoje o Café oferece deliciosos cafés, chás e também várias delícias austríacas como Kaiserschmarrn, Powidltatschkerln, Marillenknödel e Salzburger Nockerln. Imperdível.

 

Café Mozart, Salzburg

Café Mozart, Salzburg

 

 

Entrada do Café Mozart, Salzburg

Entrada do Café Mozart, Salzburg

 

 

Em sentido horário: Kaiserschmarrn, Powidltatschkerln, Marillenknödel e Salzburger Nockerln

Em sentido horário: Kaiserschmarrn, Powidltatschkerln, Marillenknödel e Salzburger Nockerln

 

A Getreidegasse

A Rua do Cereal é a rua comercial mais movimentada e famosa de Salzburg. Tem este nome porque ali, por volta de 1150, se transportavam e comercializavam grãos.

É formada por corredores e pátios românticos. Caminhar por ela torna-se um passeio incansável e irresistível.

É encantadora, e não são só suas casas altas e agrupadas lado a lado que chamam a atenção, mas também as atraentes lojas com suas placas de ferro forjadas.

Esta rua sofreu várias transformações durante os séculos. Originalmente era chamada de “Rua do Trote”, ou a “Travessa do Trote”, referindo-se ao trote dos cavalos que ali passavam na Idade Média.

 

A Getreidegasse, Salzburg

A Getreidegasse, Salzburg

 

 

Mais sobre a Áustria, suas cidades e suas atrações, veja aqui.

Loja do Por que não? Travels com roteiros e guias à venda, veja aqui.

Roteiros personalizados para toda a Europa, clique aqui.

Curta a página do Por que não? Travels no Facebook clicando aqui.

Veja as fotos do Por que não? Travels no Instagram.

Siga as informações do Por que não? Travels no Twitter, @alemanhapqnao.

Para ver hotéis em Salzburg, entre aqui.

Eurostar_ Image Banner 728 x 90