A London Eye também é conhecida como Millennium Wheel (Roda do Milênio) e é uma das grandes atrações de Londres!

Essa roda-gigante tem 135 metros de altura e está localizada no rio Tâmisa. Ela foi inaugurada em 2000, por isso a Roda do Milênio, e até 2006 ela era a maior roda-gigante do mundo. Atualmente a maior está localizada em Las Vegas, nos EUA com uma altura de 167 metros.

O projeto começou no começo da década de 1990. Nessa época, vários arquitetos queriam construir algo novo, celebrando a entrada do novo milênio. Em Londres ocorreu então uma competição, criada pelo jornal The Sunday Times, para ver qual idéia é a mais criativa.

A idéia de construir a London Eye veio dos arquitetos David Marks e Julia Barfield com o objetivo de poder mostrar toda a Londres para os turistas em um só lugar. Um projeto muito inovador para a época e totalmente diferente do resto dos edifícios de Londres.

Mas muitos criticaram o jornal por causa dessa competição. Eles não entendiam o porque de gastar tanto dinheiro para construir uma nova atração “só” por causa da virada do novo milênio. Sendo assim, o Sunday Times ignorou todos os projetos enviados e cancelou a competição.

Mas David e Julia não quiseram desistir da idéia, então eles criaram sua própria empresa e continuaram com o projeto com seu próprio dinheiro. Grande ajuda veio do tablóide Evening Standard que fez bastante publicidade durante a procura de patrocinadores. Finalmente, a Britsh Airways decidiu pagar pela construção.

Originalmente ela deveria ser construida a beira do rio, mas o problema seria transportar as peças de uma roda-gigante de 135 metros pelas ruas estreitas de Londres. Então eles decidiram construir-la no Tâmisa e ser suspendida depois de pronta, e as peças chegariam de balsa.

Em Setembro de 1999 ela já estava pronta e agora só faltava suspendar as 1.700 toneladas. Infelizmente, um cabo se rompeu e levou mais 1 mês e 10 dias até ela estar finalmente de pé. As cabines chegaram logo depois disso e depois de 1 ano e 4 meses de trabalho, a London Eye ia ser inaugurada em 31 de dezembro de 1999 pelo Primeiro Ministro Tony Blair.

Como se eles não tivessem tido azar o suficiente, uma das cabines não foi aprovada no teste de segurança e levou mais um mês até ela ser aberta ao público.

Mesmo assim, na contagem regressiva para 2000, Tony Blair apertou um botão, um Concorde voou sobre Londres, fogos de artifício foram lançados e a London Eye começou a girar (sem passageiros).

Finalmente então no dia 1° de fevereiro de 2000 a London Eye foi aberta ao público, e foi um sucesso imediato.

London Eye, Londres, Inglaterra

Entrando nas cabines.

Como um feito do destino, um outro projeto para o novo milênio que tinha sido apoiado pelo governo, o Millennium Dome, não fez sucesso algum. Ele foi comprado então pela operadora de celular O2, que criou um espaço para shows com capacidade de 22.000 pessoas.

A British Airways parou de patrocinar a London Eye em 2008. A atração hoje é propriedade da Merlim Entertainment Group, um dos maiores grupos de entretenimento da Europa. O grupo possui vários parques na Inglaterra bem como o famoso museu de cera Madame Tussauds.

As 32 cabines podem abrigar 15.000 visitantes por dia e a volta completa dura por volta de 30 minutos. Há diversos pacotes oferecidos aos visitantes da London Eye. Desde simples “voos” saboreando uma taça de champagne até a possibilidade de alugar sua própria Cápsula Privada com canapés, champagne e vinho.

Além disso, visitantes podem visitar o 4D Experience, um cinema 4D ao lado do London Eye, que mostra a cidade de Londres durante todas as quatro estações do ano. Se prepare para receber vento, chuva, neve e calor no rosto!

Entre no site oficial para mais informações.

London Eye, Londres, Inglaterra

Subindo até uma altura de 135 metros.

London Eye, Londres, Inglaterra

Vista para o Big Ben e as casas do Parlamento.

London Eye, Londres, Inglaterra

No topo.

 

Mais sobre as cidades da Inglaterra e suas atrações, veja aqui.

Loja do Alemanha! Por que não? com roteiros e guias à venda, veja aqui.

Roteiros personalizados para toda a Europa, clique aqui.

Curta a página do Alemanha! Por que não? no Facebook clicando aqui.

Veja as fotos do Alemanha! Por que não? no Instagram.

Siga as informações do Alemanha! Por que não? no Twitter, @alemanhapqnao.