Complexo de Wawel, Cracóvia

Complexo de Wawel, Cracóvia

Na colina de Wawel, no ponto mais alto da cidade de Cracóvia, foram construídos séculos atrás, cidadelas, um palácio renascentista e uma catedral gótica. Ambas ainda existem. Na catedral aconteceram várias coroações e enterros reais. O palácio, antigamente um ponto cultural e político da Polônia, é hoje um símbolo nacional.

Complexo de Wawel, Cracóvia

Complexo de Wawel, Cracóvia

 

As muralhas do Wawel sempre foram desde a Idade Média destruídos e reconstruídos até o século XX. Da primeira muralha só existem poucas pedras, mas ainda existem três torres do século XV. Das reconstruções dos séculos XVI e XVII ainda existe o portão Wasa. Em 1917 foram descobertos restos de uma capela do século XI que podem ser visitados hoje.
Infelizmente não pode tirar fotos dentro da catedral e palácio.
A catedral de Wawel, ou a catedral dos Santos Stanislaw e Waclaw é uma das igrejas mais importantes do país. Antes de sua construção em 1320-64 tinham no local duas outras igrejas. A catedral tem várias outras capelas, sendo uma das mais bonitas a capela Zygmunt.
Na catedral e na cripta St. Leonard (do ano 1038) estão túmulos de quase todos os reis da Polônia, poetas e heróis nacionais.
A catedral tem o maior sino da Polônia, ele foi feito em 1517, pesa quase 11 toneladas e tem 2 metros de diâmetro.
Dentro da catedral está uma caixa feita de prata, contendo relíquias do Santo Stanislaw. Essa caixa foi feita entre 1669-71 por Pieter van der Rennen. Além disso, o lindo coro barroco feito de madeira foi feito em 1620.
Catedral de Wawel, Cracóvia

Catedral de Wawel, Cracóvia

Perto da catedral há um lindo museu com vários artefatos e tesouros da igreja. Entre eles o manto de Stanislaw August Poniatowski (1764-1795), último rei da Polônia. Além disso estão em exposição várias espadas usadas por reis, documentos reais e troféus.
O Palácio do Rei em Wawel é um dos palácios renascentistas mais magníficos da Europa Central. Ele foi construído por Zygmunt I, o penúltimo Regente da dinastia de Jagiollonen, em 1502-36, mas antigas muralhas do século XIV foram utilizadas. Depois dos reis se mudarem para Varsóvia, esse palácio foi esquecido. Mas no começo do século XX ele passou de volta à mãos da cidade de Cracóvia, que o restaurou e o transformou em um museu.
patio do castelo de Wawel, Cracóvia

patio do castelo de Wawel, Cracóvia

Ali você encontrará uma câmara de tesouros e armas. Lá estão várias armas e armaduras usadas por reis e cavaleiros, além de jóias e porcelana.
Aberto ao público estão salões no térreo, e na parte norte do palácio do primeiro e segundo andar. Um dos quartos mais famosos é a Sala dos Pássaros, que era uma suíte de Zygmunt II e um quarto de dormir coberto por pinturas italianas dos séculos XIV e XV.
A exposição oriental se encontra no lado oeste do palácio.
Todo o complexo é imperdível!
Cupula da catedral de Wawel, Cracóvia

Cupula da catedral de Wawel, Cracóvia

Mais sobre as cidades da Polônia e suas atrações, veja aqui.

Loja do Alemanha! Por que não? com roteiros e guias à venda, veja aqui.

Roteiros personalizados para toda a Europa, clique aqui.

Curta a página do Alemanha! Por que não? no Facebook clicando aqui.

Veja as fotos do Alemanha! Por que não? no Instagram.

Siga as informações do Alemanha! Por que não? no Twitter, @alemanhapqnao.