Gdánsk, Polônia

Gdánsk, Polônia

Danzig (Gdansk) é uma das cidades mais adoráveis do Norte da Europa. Edifícios antigos contam uma história de mais de 1000 anos.

Até 1939, quando a Segunda Guerra Mundial começou, era Gdansk a cidade mais rica da Polônia. A Guerra destruiu grande parte da cidade e sua região, mas a cidade se ergueu das chamas e floresceu novamente.

A primeira menção da cidade data do ano de 977. Por 300 anos, Danzig foi a capital de um ducado eslavo em Pommern.

Em 1308 a Ordem Teutônica tomou conta da cidade, e foi nessa época que a cidade começou a crescer.

De 1466 a 1793, a cidade pertenceu à Polônia, ela tinha o maior porto do leste do país e um grande centro no comércio de madeira. Além disso, Danzig era famosa pelas sua jóias e ouro.

Em Danzig eram fabricadas várias jóias e artefatos para vários reis da Europa.

A partir de 1793, Danzig virou parte da Prússia.

Algumas das dezenas de atrações da cidade são:

 

Radaune-Kanal

Apesar de grande parte da cidade ter sido destruída na guerra, muitos prédios em ambos lados do canal Radaune ficaram intactos. O canal foi criado em 1338 e foi um dos grandes projetos dos cavaleiros da Ordem Alemã. Por séculos, o canal foi muito importante para a economia da cidade. Vários moinhos e serrarias usavam as correntezas do canal para funcionarem. Entre os edifícios se destacam a casa da Pelpliner Äbte, o grande moinho da época da Ordem Teutônica e a linda igreja de St.Elisabeth construída em 1417. Outras três igrejas estão ali no canal, a igreja Joseph (1482), a igreja Brigitten e a igreja Katharinen (1611-1687).

 

Monumento para os trabalhadores de estaleiros

Foi construído após a greve dos estaleiros em 1980 e a fundação do Sindicato Solidarnosc (Solidariedade), a 30 metros do exato local onde 3 trabalhadores foram mortos durante demonstrações. O monumento tem 42 metros de altura e no topo está uma cruz.

Gdánsk, Polônia

Monumento aos trabalhadores

Estaleiro de Danzig

O Estaleiro de Danzig é conhecido no mundo inteiro como o local de nascimento do Movimento Solidariedade, o Solidarnosc. Em 1970 aconteceu a primeira greve onde vários trabalhadores foram mortos. Em 1980 aconteceu a segunda greve e com ela a fundação do Sindicato Solidarnosc. O líder foi Lech Walesa, que virou presidente da Polônia entre 1990-95.

Zuraw

O Zuraw é um dos edifícios mais bonitos e famosos da cidade. Este portão/guindaste foi construído no século XIV e foi renovado entre 1442-44.  O guindaste é feito totalmente de madeira e antigamente, conseguia levantar 2 toneladas a até 27 metros de altura.

Um incêndio destruiu o guindaste em 1945 e após a Segunda Guerra Mundial, ele foi reconstruído junto ao resto da cidade.

O Zuraw

O Zuraw

Gdánsk, Polônia

Gdánsk, Polônia

Dlugi Targ e Ulica Dluga (praça do mercado e rua principal)

Essas são as ruas mais famosas da cidade. A praça do mercado começa pelo Portão Verde passando pela rua principal, a Ulica Dluga até o Portão Dourado (1612-14). Essas duas ruas de pedestres estão cercadas por casas antigas que eram habitadas somente pela população rica da cidade. Restaurantes e lojas estão espalhados por estas ruas.

As ruas também sempre foram usadas para eventos e festas. Além disso era ali que os habitantes recebiam os reis, quando eles vinham visitar a cidade, por isso, a praça e suas ruas são conhecidas como “caminho real”.

Alguns dos edifícios históricos dessa praça são a Prefeitura, o Georgshalle (1487-98) e a torre da prisão.

Gdansk tem muitas outras atraçoes e restaurantes mágicos… espere os próximos posts!

 

Długi Targ

Długi Targ

 

 

Mais sobre as cidades daPolônia e suas atrações, veja aqui.

Loja do Alemanha! Por que não? com roteiros e guias à venda, veja aqui.

Roteiros personalizados para toda a Europa, clique aqui.

Curta a página do Alemanha! Por que não? no Facebook clicando aqui.

Veja as fotos do Alemanha! Por que não? no Instagram.

Siga as informações do Alemanha! Por que não? no Twitter, @alemanhapqnao.

Booking.com