Burg Lahneck12

Burg Lahneck. Foto: Holger Weinandt

Em 1851 a família escocesa Dubb veio para o Reno de férias e se instalaram na cidadezinha de Lahnstein.

Durante a viagem, a filha do casal, Idilia de 17 anos, se apaixona por um jovem alemão e os dois fazem vários passeios românticos pela região.

Idilia desenha e escreve em seu diário, tudo de bonito que vê no maravilhoso Vale do Reno, especialmente desenha o Burg Lahneck pois tinha fascinação por ele.

Naquela época o Burg Lahneck estava em ruínas. As paredes estavam caindo aos pedaços, as escadas de madeira nas torres do castelo estavam podres e a população da cidadezinha evitava ir até lá por ser perigoso.

Porém, um dia o rapaz parte para o serviço militar deixando o coração de Idilia partido…

Em uma manhã ensolarada de verão, Idilia Dubb, resolveu dar um passeio até as ruínas do castelo para avistar melhor toda a linda paisagem do Reno e desenhar em seu diário.

Como Idilia não apareceu para o jantar, os pais ficaram preocupados e informaram à polícia.

Toda a cidade foi revistada, sem resultados. Vários dias foram gastos com a busca, mas ninguém pensou nas ruínas do Burg Lahneck.

Depois de muitos dias a polícia finalmente teve que desistir.

A família, desesperada, voltou para a Escócia.

Anos depois, o Burg Lahneck entrou em um lento processo de restauração. Em 1862, começaram com a reconstrução das paredes externas e a construção de uma escadaria nova no interior da torre.

Choque e horror atingiram os trabalhadores quando eles descobriram, em cima da plataforma da torre, o esqueleto de uma jovem. Tinham encontrado Idilia Dubb. Eles descobriram que, em algumas páginas de seu diário, que estava ao seu lado, ela descrevera tudo que tinha lhe acontecido.

Depois que ela chegou ao topo da escada de madeira, a madeira podre quebrou e a escada caiu, mantendo-a presa no alto da torre. Um período de sofrimento cruel começou para Idilia, que não conseguiu que seus sinais fossem vistos pelas equipes de busca, e no fim morreu de fome.

Seu diário virou um livro, “The Diary of Miss Idilia”, preparado pela sua melhor amiga Genevieve Hill.  Pode-se comprar o livro neste site.

Hoje o Burg Lahneck está aberto para visitação de 01/abr-01/nov, das 10:00-17:00.

Ingressos para adultos a €4,00 e para crianças a €2,00.

O castelo também oferece um café – restaurante e espaço para camping.

Mais sobre o castelo, aqui.

Diário12

Mais sobre o Vale do Reno, aqui.

Guia completo do Vale do Reno, à venda aqui.

Roteiros personalizados completos pela Europa, aqui.