Ulm

Ulm é uma linda cidade do estado de Baden-Württemberg, situada a beira do rio Danúbio.

Tem um belíssimo parque onde, nos meses de verão, os habitantes e turistas tomam banhos de sol. É deste parque que os visitantes visualizam as muralhas da cidade e alguns portões e torres desta antiga cidade medieval, todos restaurados. Mas, as melhores vistas da cidade são do outro lado do rio, da cidadezinha de Neu-Ulm, imperdível!

A cidade tem 120.000 habitantes e foi fundada por volta do ano 850.

É rica em história e tradições, como uma ex-Cidade Imperial Livre. Durante o século XV, Ulm era uma das cidades mais ricas da Europa, mas a Guerra dos Trinta Anos interrompeu o seu desenvolvimento, e em 1810 passou para o controle dos reis de Württemberg.

Hoje é um centro econômico, devido às suas indústrias variadas, e é a sede de uma universidade importante (Universidade de Ulm, fundada em 1967).

Internacionalmente, Ulm é principalmente conhecida por ter a igreja com a mais alta torre do mundo (161m), a catedral gótica Ulmer Münster, construída entre  1377 e 1545, e como o local de nascimento de Albert Einstein.

Dentro da catedral há muitas preciosidades: as cadeiras do coro com imagens de poetas, filósofos, profetas e apóstolos entalhadas por Jörg Syrlin, o Velho (1469-1474), vitrais do século XV e a pia batismal, de Jörg Syrlin, o Jovem.

 

Ulm

Ulm

Ulm

Ulm

Ulm

Muitas são as atrações da cidade e sugiro começar sua visita na encantadora Fischerviertel, o Bairro dos Pescadores, um lugar no centro da cidade antiga de Ulm, com casas em estilo enxaimel, ruas sinuosas de paralelepípedos, pontes, restaurantes… uma autêntica vila medieval e todo este cenário ainda fica ao longo de dois canais da foz do rio Danúbio.

O Fischerviertel abriga a casa mais curvada do mundo, construída no século XV, parece que vai tombar a qualquer momento… o visitante se encanta. O lugar é imperdível.

 

Ulm

Ulm

Ulm

Outra preciosa visita é no prédio da Rathaus, a prefeitura, construída em 1370. Sua fachada é uma das mais belas da Europa, brilhantemente colorida com desenhos que datam de meados do século XVI.

Sua fachada também abriga um relógio astronômico magnífico, que data de 1520. Foi restaurado após sofrer graves danos em 1944.

Na praça da catedral fica um pequeno memorial em memória dos irmãos Hans e Sophie Scholl, dois membros da Rosa Branca, o grupo de resistência contra o regime nazista, que passaram sua juventude em Ulm, e foram assassinados pelo regime nazista.

A casa de sua família, perto do memorial, foi destruída no bombardeio de 1944.

Em homenagem ao filho mais ilustre da cidade, Albert Einstein, um pequeno memorial foi construído no local da casa onde Albert Einstein nasceu, destruída também no bombardeio de 1944.

Outra homenagem é a fonte de Einstein, uma escultura de bronze fundido feita por Jürgen Goertz em 1984 e que consiste em três elementos: o corpo do foguete representa a tecnologia, conquistando o espaço e a ameaça atômica.

A casca do grande caracol representando a sabedoria da natureza, e o ceticismo em relação ao controle do homem sobre a tecnologia.

A cabeça de Einstein, com os olhos travessos e sua língua para fora com uma expressão de brincadeira, aparece a partir da casca do caracol. Vale a pena a visita.

No mais, Ulm é fantástica para ser explorada a pé e sugiro almoçar ou jantar no delicioso restaurante Zur Forelle que oferece um delicioso cardápio com pratos da região da Suábia.

O restaurante fica na Fischergasse 25, no Fischerviertel, e é preciso fazer reservas antes.

Ulm
Ulm
Ulm
Ulm
Ulm

Mais sobre a Alemanha, suas cidades e suas atrações, veja aqui.

Loja do Por que não? Travels com roteiros e guias à venda, veja aqui.

Roteiros personalizados para toda a Europa, clique aqui.

Curta a página do Por que não? Travels no Facebook clicando aqui.

Veja as fotos do Por que não? Travels no Instagram.

Siga as informações do Por que não? Travels no Twitter, @alemanhapqnao.