Burg-Liebenstein-Burg-Sterrenberg245

Lendas falam de gigantes e anões, dragões e heróis, e naturalmente fadas e ninfas.

O vale do Reno produziu um rico tesouro de sagas, histórias e lendas.

O gênero de contos de fadas alemão foi particularmente popular durante o período romântico do Rio Reno, no início do século XIX.

Naquela época as histórias muitas vezes giravam em torno da Mäuseturm do malvado Hatto, a lenda dos “Irmãos Hostis”, e a mais famosa delas, a lenda de Loreley e muitas outras!

Uma destas lendas, sagas e mitos está contada abaixo, logo conto mais em outros post.

Será emocionante:

Os Irmãos Hostis

Há muito tempo atrás vivia na região dos castelos Liebenstein e Sterrenberg, no Vale do Reno, um poderoso duque que tinha dois filhos e uma menina adotada, filha de um primo distante. As três crianças cresceram juntas, sendo educadas pelo bondoso duque igualmente.

Mas, com o tempo, os filhos do duque começaram a demonstrar personalidades diferentes. Enquanto o mais velho, Heinrich, era bondoso como o pai e muito correto em suas ações, Konrad era ambicioso e mau.

A irmã de criação deles, Hildegard era doce e adorava seus irmãos.

O tempo passou, eles cresceram, e Heinrich nutriu uma paixão secreta por Hildegard, pretendendo pedir permissão ao pai para se casar com ela.

Konrad, sabendo da intenção do irmão, chegou para o pai e pediu a mão de Hildegard antes. Vendo a felicidade do pai, Heinrich simplesmente aceitou, sem reclamar. O pai mandou construir um castelo para cada filho no alto da montanha, um ao lado do outro.

Com o coração partido, Heinrich chegou um dia para o pai, e disse que iria fazer uma cruzada para a Terra Santa.

Heinrich foi para a cruzada e Konrad ficou feliz da vida, noivo e mandando em tudo, já que o duque estava velho. Nesta altura, Hildegard estava totalmente apaixonada por Konrad e este nem ligava para ela.

Passados alguns anos, Heinrich retorna famoso das cruzadas, sendo homenageado pelo imperador como herói.

Konrad, sabendo disso, fica louco de inveja, pois passara a vida no seu castelo, sem glórias!

Então, ele decidiu largar tudo, castelo e esposa e foi também participar de uma cruzada.

Passam-se muitos anos, sem nenhuma notícia de Konrad. A coitada da Hildegard estava sozinha no imenso castelo, passando seus dias a esperar pelo amado marido. O duque já falecera e Heinrich, ainda sentindo muito amor por Hildegard, cuidava de tudo, sem sequer revelar nada, por respeito ao irmão.

Um dia cavaleiros se aproximam dos castelos, e lá vinha logo à frente, Konrad, todo orgulhoso. Hildegard estava radiante. Mas, ao seu lado, estava uma linda moça que o olhava apaixonadamente.

Konrad expulsou Hildegard de casa, tendo uma briga feia com o irmão, e revelando a este que só se casou com Hildegard, pois sabia que o irmão estava apaixonado por ela.

Heinrich ficou maluco!!! Mandou construir um muro, separando os castelos.

Ficou por muitos anos, trancado, sozinho em seu castelo.

Enquanto isso, Hildegard foi morar em um convento, desolada e triste.

Konrad vivia bêbado e oferecendo grandes festas, gastando toda a sua herança. Um dia, amanheceu morto de tanto beber.

Heinrich, sabendo da morte do irmão, foi até o convento onde estava Hildegard, para finalmente pedi-la em casamento. Chegando lá, descobre que Hildegard morrera alguns dias antes. Ninguém merece…

Bem, Heinrich acaba seus dias no castelo, e dizem que até hoje seu fantasma é visto rondando os muros que separam os dois castelos.

Hoje o Burg Liebenstein é um hotel.

Reservas e mais sobre o hotel-castelo, aqui.

O Burg Sterrenberg é aberto para os visitantes e lá tem um café e restaurante. Esta sendo reformado para futuramente ser um hotel também.

Os castelos ficam na vilazinha de Kamp-Bornhofen, no Vale do Reno!

Burg Sterrenberg126

Mais sobre o Vale do Reno, clique aqui.

Guia completo sobre o Vale do Reno, à venda aqui.

Roteiros completos para toda a Europa, clique aqui.

Eurostar_ Image Banner 728 x 90