Augsburg4

 

A Cidade de Augsburg

Augsburg é a terceira maior cidade da Baviera e é a segunda cidade mais antiga da Alemanha ficando somente atrás de Trier. Faz parte da Estrada Romântica e muitas atrações importantes existem na cidade.

A cidade surgiu de um acampamento militar romano chamado Augusta Vindelicorum a mais de 2 mil anos atrás. A cidade foi fundada no ano 15 a.C.

A cidade também é conhecida como “Fuggerstadt”, ou cidade de Fugger, em homenagem a uma família de comerciantes que na Idade Média era provavelmente a mais rica da Europa, e tinha um enorme coração.

Durante os séculos, esta família doava dinheiro e ajudava os necessitados. Eles construiram um complexo de 140 apartamentos em 67 casas, entre 1516-1526, chamado  Fuggerei com o objetivo de abrigar moradores pobres da cidade, principalmente famílias com crianças, com a condição de que fossem “de boa índole”, trabalhadores e católicos.

O “aluguel” anual era simbólico, cerca de alguns centavos do dia de trabalho do morador, além da obrigação de rezar três vezes por dia um Pai-Nosso e uma Ave-Maria em homenagem à família Fugger. A tradição dura até hoje. O pagamento anual do aluguel é até hoje o equivalente a um Rheinischen Gulden (moeda da época), cerca de €0,88!

Hoje moram lá cerca de 150 pessoas, e um de seus antigos ilustres moradores foi o mestre-pedreiro Franz Mozart, bisavô do compositor Wolfgang Amadeus Mozart.

Esta vila de casas possui muitos jardins e um museu, o Fuggereimuseum, que conta a história do local e possui uma loja maravilhosa, a Himmlischer Fuggereilädle, além de um Bunker construído na Segunda Guerra Mundial. Hoje este Bunker é um museu.

O museu abre de abril a setembro das 8:00-20:00, e de outubro a março das 9:00-18:00.

Ingressos: adultos €4,00, inclui o ingresso para o museu.

Fica na Fuggerei 56, entrada principal na Jakoberstraße.

 

Augsburg1
Augsburg3

 

Mozartstadt

A cidade também é considerada uma das três “Mozartstadt”, ou “Cidades de Mozart”, junto com Salzburg e Viena, pois a família Mozart é originária da cidade. O pai do famoso compositor nasceu em Augsburg.

Augsburg sempre cresceu em importância e prosperidade, exceto durante a Guerra dos Trinta Anos e na Segunda Guerra Mundial, e teve papel central durante a Reforma Luterana.

A Maximilianstrasse é a principal rua da cidade, e uma das mais bonitas do sul da Alemanha. Ela exibe belas fontes feitas por Adrian de Vries:

A Augustusbrunnen, com uma estátua do imperador Augusto. Foi erguida em 1594 para comemorar o aniversário da cidade e seu fundador, e fica em frente à Rathaus. As quatro figuras na base da fonte representam seus quatro rios: Lech, Brunnenbach, Singold e Wertach.

A Merkurbrunnen fica na Moritzplatz, e representa Mercúrio, o deus do comércio. É uma alegoria para a importância de Augsburg como um centro comercial.

A Herkulesbrunnen fica em frente ao Schaezlerpalais. Foi criada em 1597 e representa a vitória do homem sobre o poder selvagem da água e do fogo.

As estátuas das fontes são réplicas perfeitas das originais, que estão expostas no Maximilianmuseum.

Augsburg5

Augsburg7

Augsburg8

 

Os Museus de Augsburg

E falando em museus, Augsburg apresenta aos seus visitantes excelentes museus. O Römisches Museum (Museu Romano), fica na antiga igreja dominicana do Mosteiro St. Magdalena. Ele contém monumentos e achados da antiga capital provincial romana Augusta Vindelicorum, desde os tempos pré-históricos até os dias dos primeiros cristãos e o início da Idade Média. Vale a pena uma visita.

O Maximilianmuseum é o mais bonito da cidade, tanto seu prédio (uma magnífica mansão em estilo renascentista) como suas obras expostas: abriga obras de ourives e prateiros da região, além de esculturas, artes decorativas e artigos referentes ao patrimônio cultural de Augsburg.

Seu pátio interno é coberto por um telhado de vidro, e ali ficam as esculturas originais das três principais fontes da cidade, que ficam na Maximilianstrasse.

Imperdível é o Schäzlerpalais, uma antiga casa reformada em 1765 e transformada em um belo palácio rococó pela família von Schäzler, que em 1958 o doou à cidade de Augsburg, com a condição de ser usado apenas para fins culturais.

Hoje, o local apresenta exposições de arte, no maravilhoso Kunstsammlungen e Museum Augsburg. Destaque para a Festsaal, um salão maravilhoso em estilo rococó, um dos mais bonitos da Europa.

Outro interessante museu é o Brechthaus, casa onde nasceu em 10 de fevereiro de 1898 Bertolt Brecht, o grande dramaturgo e poeta alemão.

Em comemoração ao centenário de seu nascimento, em 1998 foi inaugurado este museu, que mostra detalhes da vida e obra do escritor.

Augsburg9

maximilianmuseum34

Não deixe de visitar os mais importantes e belos edifícios da cidade: a Rathaus, prefeitura que foi construída entre 1615-1620 pelo arquiteto Elias Holl, e é considerada um dos mais belos exemplos da arquitetura maneirista; a maravilhosa Perlachturm, torre de 70 metros de altura construída no século X, como uma torre de vigia para as defesas da cidade. Foi utilizada também como a torre do sino para a vizinha igreja de São Pedro.

Ao fim da Maximilianstrasse se chega à Ulrichplatz, onde ficam duas belas igrejas: a grande basílica católica de S. Ulrich e Afra, e a pequena igreja evangélica Ulrichskirche.

Outra importante igreja da cidade é a bela catedral que tem fundações desde o século VIII, mas teve várias adições posteriores, ao longo dos séculos, incluindo as lindas portas de bronze do século XIV, mostrando cenas do Antigo Testamento. As suas torres têm 62 metros de altura.

Aprecie outros lindo prédios na Maximilianstrasse.

Augsburg é fantástica e passagem obrigatória para que está visitando a Estrada Romântica!

Para o jantar sugiro o maravilhoso restaurante Ratskeller. Fica na Rathausplatz 2.


Augsburg11jpg
Augsburg14

Mais sobre a Estrada Romântica? Clique aqui.

Roteiro completo pela Estrada Romântica à venda aqui.