Booking.com

Não só Bruxelas deveria entrar em uma viagem pela Bélgica: há cidades super interessantes e impressionantes para ver.

A Bélgica é um país maravilhoso: dividido em 3 regiões (Flandres, Valônia e a Capital Bruxelas) e ainda, com 3 línguas diferentes, o país exerce um fascínio único: percorrendo o país de norte a sul, vi cidades de sonhos: grandes, pequenas, modernas e medievais; rios históricos; rotas perfeitas passando por muita natureza e colinas montanhosas, além de castelos e fortalezas cada uma com uma história impressionante…tudo imperdível e que valem muitas viagens à Bélgica.

Veja abaixo estas cidades imperdíveis:

A bela Dinant é um perfeito bate e volta de Bruxelas, um pouco mais de 100km.

A cidade fica às margens do lindo rio Meuse, onde se destaca no alto da montanha (esta quase “grudada” aos edifícios históricos da cidadezinha) uma fortaleza (Citadelle) quase intacta, apesar de ter presenciado guerras e batalhas… uma volta ao passado. As vistas de lá são impressionantes e a cidade se transforma em um cenário inacreditável… vai preparando o coração… sobe-se até lá de teleférico.

A ponte que liga as duas partes da cidades recebeu o nome de Charles de Gaulle, que foi ferido em Dinant na Primeira Guerra Mundial. Na época ele era tenente do exército francês.

 

Dinant, Bélgica

Dinant

 

Seja no verão ou no inverno, a cidade de Adolphe Sax, inventor do saxofone (em 1840) e construtor de instrumentos musicais (de quem a cidade tem o maior orgulho), deixa todos os seus visitantes fascinados com tanta beleza.

Dinant possui ruas compridas e repletas de lojas, restaurantes e muitas outras atrações: a ponte Charles de Gaulle com esculturas de saxofones gigantes homengeando o filho mais ilustre da cidade, e uma catedral reformada em estilo gótico- depois que pedras cairam do penhasco destruíndo a antiga igreja românica em 1227.

Hasselt, com pouco mais de 75 mil habitantes, Hasselt se desenvolveu a partir da rota de comérico entre Brugge e Colônia.

Recebeu status de cidade pelo conde Arnold IV em 1232 e virou o centro administrativo do conde.

A cidade é recheada de restaurantes e lojas ao redor de sua linda catedral, a St. Quintinus no centro da cidade.

Destaque para a fachada do prédio da prefeitura da cidade e os belos Jardim Japonês, a uma caminhada de 20 minutos do centro da cidade.

 

Hasselt, Bélgica

Hasselt, Bélgica

 

Aarschot a 45 km ao norte de Bruxelas, é sossegada, sem muitos turistas pelas ruas, com ruazinhas tranquilas para belos passeios, principalmente ao redor da praça principal que é recheada de cafés e restaurantes.

Com um belo parque arborizado no meio do centro da cidade, a cidadezinha é um maravilhoso bate e volta de Bruxelas.

 

Aarschot, Bélgica

Aarschot, Bélgica

Aarschot, Bélgica

Aarschot, Bélgica

 

Aalst, a 28km de Bruxelas, tem uma linda praça onde se destaca o prédio da prefeitura, um belo campanário do século XV e a estátua de Dirk Martens, o primeiro impressor de livros dos Países Baixos.

Nesta praça também esta a igreja da cidade com um incrível carrilhão, diversas casas históricas e aos sábados, abriga uma movimentada feira de verduras e frutas.

As confeitarias da cidade são famosas pelo deliciosos doces.

 

Aalst e seus doces

Aalst e seus doces

Aalst, Bélgica

Aalst, Bélgica

 

Ath é outra bela cidadezinha da Bélgica. Fica a 59km de Bruxelas e é conhecida como a “Cidade dos Gigantes” por causa das festividades “Ducasse” que acontecem todos os anos na quarta semana de agosto. Figuras enormes representando Golias, Sansão, e outras figuras alegóricas desfilam pelas ruas da cidade, e cenas do casamento de Golias e sua luta famosa com David são encenados.

A cidade abriga um centro antigo pequeno, com uma igreja cuja torre é quadrada. Muitos restaurantes e cafés estão em um bom número pela cidade.

Mons, Capital da Cultura Européia em 2015, tem pouco mais de 95 mil habitantes e é linda, lembrando muito Bruxelas. Ela fica a 64km de Bruxelas e também excelente bate e volta.

Sua grande praça esta repleta de restaurantes e belos prédios históricos. Seu comércio é bem atraente.

Ela possui o encanto de uma cidade antiga com ruas inclinadas que leva o turista a suspirar.

 

Mons, Bélgica

Mons, Bélgica

Mons, Bélgica

Mons, Bélgica

 

Em Le Roeulx, a 52km de Bruxelas a sua grande atração, e que merece uma visita, é o impressionante elevador de barcos de Strépy-Thieu, inaugurado em 2002.

A torre do elevador tem 117 m de altura, 130 m de comprimento e 75 m de largura. Nela movem-se verticalmente, e de forma independente, dois caixões, cada um com 112,00 m de comprimento útil e 12,00 m de largura com capacidade para 3,35 a 4,15 m de altura de água, a que corresponde uma massa variável entre 7200 e 8400 toneladas.

Cada caixão é suportado por 144 cabos de aço de 85 mm de diâmetro — 32 cabos motores e 112 cabos de suspensão ligados a oito contrapesos.

Quatro motores elétricos por caixão acionam oito guinchos, permitindo subir o desnível de 73,15 m em sete minutos. A duração total, incluindo a entrada e saída das embarcações e a abertura e fecho das comportas, eleva-se a cerca de 40 minutos. (Fonte: Wikipédia.)

A medieval Binche, a 60km ao sul de Bruxelas, abriga uma incrível muralha que protegia toda a cidade.

No lugar que antes abrigava o castelo da cidade no século XII, hoje é um lindo parque com uma bela fonte que fora na Idade Média o poço do castelo.

A cidade é conhecida por seu animado carnaval que abriga também o Museu do Carnaval.

Ruazinhas em paralelelípedos, estátuas em bronze com figuras do carnaval da cidade, cafés e restaurantes completam as atrações desta cidade linda. Merece uma visita.

 

Binche, Bélgica

Binche, Bélgica

Binche, Bélgica

Binche, Bélgica

 

Thuin é outra linda cidade que merece uma visita.

Ela fica a 67km ao sul de Bruxelas e do cais, segue-se a pé até a passarela do viaduto para tirar belas fotos da cidade com seu imponente torre na parte mais alta da cidade.

A cidade tem um belo castelo (particular), ruazinhas medievais e um cais com barcos ancorados para passeios pelo rio. Imperdível.

 

Thuin, Bélgica

Thuin, Bélgica

Thuin, Bélgica

Thuin, Bélgica

 

Charleroi, é uma grande cidade com mais de 200 mil habitantes.

A parte mais antiga da cidade está passando por uma série de reformas de melhorias desde 2009. Estas reformas irão durar até 2020.

Portanto, toda a movimentação da cidade se encontra na parte mais alta da cidade. Ali há belos parques, a enorme praça Place Charles II com sua linda prefeitura o Hôtel de Ville que abriga uma imponente torre e a maravilhosa igreja Saint-Christophe construída em 1667.

Aos domingos, ruas adjacentes à Place Charles II e a prórpia praça são invadidas por diversas barraquinhas de frutas, legumes, flores e roupas.

 

Charleroi, Bélgica

Charleroi, Bélgica

Charleroi, Bélgica

Charleroi, Bélgica

Charleroi, Bélgica

Charleroi, Bélgica

 

Andenne, a 80km de Bruxelas é conhecida por fazer parte de uma das rotas de peregrinação de Santiago de Compostela.

A cidade abriga uma impressionante catedral barroca em uma das praças da cidade.

A cidade também é muito famosa por suas belas cerâmicas: a cada dois anos acontece na cidade a Bienal da Cerâmica atraindo visitantes de toda a Europa.

Em frente a linda catedral barroca, barraquinha de artesãos mostram sua arte com belas cerâmicas (somente na época da Bienal que aconteceu recentemente em maio de 2015).

O Museu da Cerâmica também merece uma visita.

Não deixe de visitar também a praça da prefeitura que abriga um coreto romântico.

 

Praça da prefeitura de Andenne e seu lindo coreto

Praça da prefeitura de Andenne e seu lindo coreto

 

Durbuy, a 123km de Bruxelas, é uma fantástica cidade medieval que abriga um castelo maravilhoso bem no centro antigo.

A cidade é cortada por um rio e nele, passeios de caiaques acontecem com frequência no verão.

Ruazinhas estreitas, a sua boa cerveja e restaurantes tornam os passseios por Durbuy inesquecíveis.

 

Durbuy, Bélgica

Durbuy, Bélgica

Durbuy, Bélgica

Durbuy, Bélgica

 

Marché-en-Famenne, a 113km de Bruxelas, é pequena. Abriga uma linda praça com uma bela fonte e muitos restaurantes além de uma linda igreja.

Vale a pena escolher um dos restaurantes da praça, apreciar uma boa refeição e deixar a tempo passar. Puro relaxamento!

 

Marché-en-Famenne, Bélgica

Marché-en-Famenne, Bélgica

 

La Roche-em-Ardenne, fica a 132km de Bruxelas e parece ter saído de um livro de contos de fadas: com sua fortaleza em ruínas no alto da cidade, La Roche oferece um passeio incrível por suas ruazinhas no seu centro histórico.

Um rio também corta a cidadezinha oferecendo passeios de caiaque pela região.

A cidade abriga o interessante Museu Batalha de Ardennes, e uma incrível loja com mais de 380 tipos de cervejas belgas.

Não entrada da cidade um canhão dá boas vindas aos visitantes e dali, paisagens para toda a cidade faz com que os visitantes percam o fôlego de tanta beleza.

 

La Roche-em-Ardenne, Bélgica

La Roche-em-Ardenne, Bélgica

La Roche-em-Ardenne, Bélgica

La Roche-em-Ardenne, Bélgica

La Roche-em-Ardenne, Bélgica

La Roche-em-Ardenne, Bélgica

 

A pequena Bastogne abriga o Museu de Guerra de Bastogne (Bastogne War Museum) que cobre toda a história da Segunda Guerra Mundial, da sua origem até o outono de 1944 e tem um grande foco na Batalha do Bulge. Um prato cheio para os fascinados pela histórias da Segunda Guerra.

O museu está localizado em um edifício novo no centro histórico de Bastogne e conta a história da guerra com a ajuda de tecnologia, como por exemplo sensores tri-dimensionais, filmes e reconstruções de cenários.

A cidade fica a 153km de Bruxelas.

Bastogne

Liége, a 97 km de Bruxelas, é uma cidade rica em cultura e é a terceira maior da Bélgica com 190 mil habitantes.

Ela é muito famosa pelos seus teatros e sua Orquestra Filarmônica. O teatro mais famoso da cidade é o Théâtre de la Place e além dele existem também inúmeros outros pequenos teatros e oito galerias de arte.

Além de ser uma cidade muito cultural, Liège também é bastante religiosa. Existem sete igrejas na cidade. A Catedral de St. Lambert foi demolida em 1794, mas as ruínas dessa igreja ainda podem ser vistas no Archéoforum. A Igreja de St. Bartolomeu está mais para fora dos muros da cidade e foi construída no século XI. A sua pia para batizados é um dos tesouros históricos mais importantes da Bélgica. Outra igreja maravilhosa é a de St.James em estilo gótico medieval.

 

Liége, Bélgica

Liége, Bélgica

Liége, Bélgica

Liége, Bélgica

 

Antuérpia, a 44 km de Bruxelas, é uma das cidades mais lindas da Bélgica, e fica na belíssima região de Flandres. É conhecida como centro mundial de lapidação de diamantes e por seu moderno porto que é um dos maiores do mundo.

No cais antigo da cidade há uma linda promenade e um castelo, a fortaleza da cidade chamada Het Steen, a Rocha, que vale uma visita.

Em toda extensão do porto, há uma grande ciclovia para passeios perfeitos de bicicleta.

Os habitantes de Antuérpia possuem o apelido de Sinjoren (Senhor). Este apelido refere-se aos principais nobres espanhóis que governaram a cidade durante o século XVII. Tanto que o espanhol é ainda falado na cidade.

Aliás, a maioria dos habitantes falam fluentemente quatro idiomas.

 

Antuérpia, Bélgica

Antuérpia, Bélgica

Antuérpia, Bélgica

Antuérpia, Bélgica

 

A linda Gent, a 55km era durante a Idade Média uma das mais ricas do norte da Europa e a segunda maior cidade, depois de Paris! Foi fundada no século VII ao redor de duas abadias importantes: a Saint Baaf e a St. Nicholas (Sint Niklaaskerk).

Hoje ela tem mais de 200 mil habitantes e está localizada a meia hora de Bruxelas.

Seu centro histórico está entre os rios Schelde e Leie e grande parte da arquitetura medieval da cidade permanece intacta muito bem preservada e restaurada. Seu centro histórico é a maior área de pedestres na Bélgica, com pequenas ruas estreitas.

Caminhe tranquilamente na cidade, com certeza será uma experiência maravilhosa.

 

Gent, Bélgica

Gent, Bélgica

Gent, Bélgica

Gent, Bélgica

 

Mechelen, a 30km de Bruxelas, não é uma cidade tão famosa como Bruxelas e nem tão movimentada como Brugges, mas é um achado… ela fica entre estas duas cidades da Bélgica e é uma imperdível visita.

A cidade tem belos prédios antigos de arquitetura flamenga no seu centro histórico, ao redor da Grote Markt, a principal praça da cidade. Ali, mesinhas de restaurantes invadem este espaço oferecedo aos visitantes as deliciosas cervejas belgas… uma tentação!

Vale a pena também passear em volta dos canais que cortam a cidade.

Muitas ruas que cruzam com a Grote Markt também mostram lindos prédios, restaurantes e lojas.

 

Mechelen, Bélgica

Mechelen, Bélgica

 

Leuven, a 30km de Bruxelas, é sem dúvida a capital da cerveja!

Durante séculos, a cidade gira em torno da cerveja e sua fabricação. Ela é a casa das famosas cervejarias Stella Artois e Domus.

Hoje a cidade e seus arredores tem em torno de 30 fábricas de cerveja. Juntas, elas produzem mais de 100 tipos diferentes de cerveja!

Leuven também é conhecida por ter o bar mais longo do mundo, na Oude Markt. Mais de 40 bares e cafés dão um charme especial a esta praça que lota de estudantes, uma vez que Leuven é uma importante cidade universitária.

 

Leuven, Bélgica

Leuven, Bélgica

 

Namur abriga em seu centro histórico, prédios de uma surpreendente arquitetura dos séculos XVII e XVII. Sendo assim, a cidade foi conhecida neste período como a Cidade dos Burgueses, uma vez que ali, além de tantas belezas, se vivia muito bem, diferente de outras cidades onde a classe trabalhadora era grande devido às minas de carvão que dominavam principalmente a região de Liége.

A cidade é tranquila e pode-se conhecer suas atrações à pé, pois Namur tem muitas ruas só para pedestres, o que facilita os passeios e dá uma ar de pura liberdade para seus visitantes.

Namur ganhou destaque durante a Idade Média , quando os merovíngios construiram o castelo ou cidadela no rochedo da cidade durante os séculos V a IX. De lá, o visitante tem belíssimas vistas, e seu parque em volta proporciona passeios inesquecíveis. A Cidadela de Namur é uma das maiores fortalezas da Europa.

 

Namur, Bélgica

Namur, Bélgica

 

Brugge, pertinho de Bruxelas e um excelente bate e volta.

Esta cidade medieval é conhecida também como a “Veneza do norte” pelos seus inúmeros canais. Inesquecível!!!

A Grote Markt, principal praça da cidade, com as suas séries de casinhas coloridas, lojas e restaurantes convidativos cujas fachadas mais parecem casinha de bonecas, é disputada por afoitos fotógrafos, que com suas potentes máquinas, querem fazer o registro perfeito de uma das praças mais movimentadas do mundo.

Nesta mesma praça está também a altíssima torre de 83 metros de altura, a Beffroi que para os habitantes de Brugge é o símbolo da cidade. Subindo seus 366 degraus lhe dará vistas impressionantes de toda a cidade.

 

Brugge, Bélgica

Brugge, Bélgica

 

A pequena vila de Spontin, a 87km de Bruxelas, famosa por suas águas minerais, abriga um dos mais lindos castelos medievais da Bélgica, o Château Spontin, com suas impressionantes paredes maciças, suas torres cobertas com ardósia e um fosso com ponte levadiça.

No século XIX, a água de Spontin era tão famosa que em 1895 o governo belga construiu um aqueduto de 80 km para levar a água até Bruxelas.

A vilazinha é perfeita para flanar…

 

Spontin, Bélgica

Spontin, Bélgica

 

Mais sobre as cidades da Bélgica e suas atrações, veja aqui.

Loja do Por que não? Travels com roteiros e guias à venda, veja aqui.

Roteiros personalizados para toda a Europa, clique aqui.

Curta a página do Por que não? Travels no Facebook clicando aqui.

Veja as fotos do Por que não? Travels no Instagram.

Siga as informações do Por que não? Travels no Twitter, @alemanhapqnao.