TGV Image Banner 728 x 90
Freiburg 34
Freiburg visto da Schlossberg

Freiburg é a cidade mais ensolarada e quente da Alemanha.

Conhecida como a “Toscana da Alemanha”, Freiburg é, além de uma ótima cidade universitária que encanta não apenas seus alunos e turistas , um tesouro na borda da Floresta Negra.
O primeiro registro de uma cidade nessa região foi em 1008, e em 1091 o duque Bertold II  começou a  desenvolver uma pequena cidade em volta da montanha (Schlossberg). E foi assim que surgiu Freiburg.

Em 1200 foi iniciada a construção da Freiburger Münster, ou também chamada de Münster Unserer Lieben Frau, a belíssima catedral de Freiburg.

Depois da Segunda Guerra Mundial, os edifícios do centro antigo da cidade, uma vez apagados e sem vida, se transformaram em casas coloridas, dando um ambiente agradável para o centro da cidade.

O centro é livre de carros e sendo assim a cidade também é conhecida por ser ecologicamente correta e ter a fama de ser a capital das bicicletas da Alemanha. Na verdade, a capital das bicicletas é a cidade de Münster, por ter mais bicicletas que pessoas. Mas, foi Freiburg que levou esta fama por ser um exemplo de cidade ecológica e por seus habitantes preferirem utilizar a bicicleta ao carro,

O centro se espalha aos pés do Schlossberg e em volta da catedral. Caminhe pelas ruazinhas e se concentre nas principais praças da cidade, a Münsterplatz e a Rathausplatz, e aprecie os prédios mais famosos e importantes destas áreas.
Há muitos restaurantes com mesinhas espalhadas nas praças, principalmente na Münsterplatz. A comida é maravilhosa.

Quem quer mesmo conhecer, apreciar e viver como um habitante de Freiburg, deve pegar um cesto de piquenique, enchê-lo de garrafas de vinho, salsicha vermelha, presunto da Schwarzwald e Brezeln, subir o Schlossberg numa noite de verão, e, à sombra de uma árvore, apreciar os vinhedos, a vista para a igreja e universidade. E quem já fez isso sabe, porque os habitantes de Freiburg não trocariam a sua cidade por nada nesse mundo! A cidade vale uma visita de pelo menos 2 dias!

Freiburg 2
A Rathausplatz
Freiburg 17
Fonte na Rathausplatz
Freiburg14
A linda Münsterplatz e seu coloridos prédios

Até o século XIX, a Münsterplatz era cercada pelas muralhas da cidade. Muitos prédios históricos estão localizados ali.

Devido a muitas bombas que caíram na cidade na Segunda Guerra Mundial, não sobraram muitos edifícios na parte norte da praça.

Na parte oeste da praça está localizada a loja de departamentos Schneider e várias casas restauradas, como por exemplo, a Haus “Zum Kempfen”. Destaque para a belíssima Kafhaus.

A parte sul da praça permaneceu em melhores condições depois dos bombardeios, mas mesmo assim só a fachada da Haus “Zum Ritter” permaneceu intacta. Neste prédio, em 1756, funcionava a Assembleia dos Cavaleiros de Bresgau. Hoje é a escola do coral da catedral.

Outro destaque da praça é a Fischbrunnen, a fonte de peixes, com pilares góticos. Ela fica em frente à Kornhaus. Muito interessante.

Freiburg 14
A Kaufhaus
Freiburg 10
A belíssima Kaufhaus (a vermelha)
Freiburg 7
Catedral de Freiburg

A Catedral de Nossa Senhora (Freiburger Münster) foi construída nos estilos gótico (na maior parte) e românico. Sua construção começou em 1200 e foi até 1513. Desde 1827 é sede do bispado de Freiburg.

Sua torre foi citada pelo historiador Jacob Burckhardt no século XIX como mais bonita que a de Basel e a de Strasbourg, e daí se diz hoje que é a mais bonita torre do mundo. A torre, de 116 metros de altura, foi durante 100 anos após a sua construção, em 1330, uma das três mais altas estruturas do mundo.

A catedral não foi destruída na Segunda Guerra  Mundial, apesar dos edifícios em torno terem sido bombardeados em 27/Nov/1944. Os vidros também ainda são originais, pois foram retirados antes dos ataques aéreos e armazenados em local seguro.

Arquitetos e artistas do mundo inteiro consideram a Catedral de Freiburg uma maravilha arquitetônica do período gótico.

Freiburg 12
A Augustinerplatz
Freiburg 20
A antiga prefeitura (Rathaus)

Na linda e aconchegante Rathausplatz está localizada a antiga prefeitura da cidade.

Prestem atenção nas estreitas valetas ou córregos que percorrem esta praça: elas fazem a festa da criançada. Muitas delas armam barquinhos de plástico para navegarem nestas valetas. Antigamente, estas valetas drenavam o excesso de água da superfície, e proporcionavam a água necessária para apagar incêndios também eram usados para a limpeza da cidade e para hidratar os animais. Hoje é mais um marco da cidade.
Diz a lenda que se você der um pulinho por cima delas, você voltará a visitar Freiburg. Ou então, se você cair acidentalmente nestas valetas ou canais, você casará com alguém de Freiburg.

Freiburg 11
Pequenas valetas na Rathausplatz

O Martinstor fazia parte das fortificações da cidade. É enorme, e é o cartão postal da cidade. Foi erguido no século XIII. A sua forma atual vem das reformas feitas em 1900.

Freiburg 23
Fischerau, pequena ruazinha de Freiburg, é acompanhada pelo Gewerbekanal. O nome da rua é uma homenagem aos pescadores que moravam ali

Freiburg possue excelentes museus, entre eles o Adelhausermuseum, museu de História Natural e Etimologia;

O Puppenmuseum é um lindo museu onde o visitante pode admirar casas de bonecas, bonecas e diversos brinquedos de 1800 até 1950;

O Archäologisches Museum, o museu de arqueologia da cidade. Construído em 1861, leva os seus visitantes numa viagem através dos milênios. Fica em um palácio neo-gótico e contém estatuetas neolíticas femininas e estátuas de ídolos da Idade do Bronze.Escavações mostram como os habitantes de Freiburg viviam na Idade Média.
Quer ir em uma terma em Freiburg? Vá no Keidel Mineral-Thermalbad.

O local oferece piscinas aquecidas com água de fontes minerais. Há também saunas a vapor, banho turco e massagens. Um verdadeiro oásis!
Fica aberto à noite. Um fim de dia perfeito na cidade!
Mas atenção! Para evitar surpresas, saibam que na Alemanha é comum a utilização mista das saunas, e é obrigatório ficar até mesmo sem roupa de banho.

 

Keidel Mineral- Thermalbad