Booking.com
Está em Colônia? Então você não pode deixar de visitar essa cervejaria!Há mais de 100 anos surgiu a Früh Kölsch, tradicional cervejaria de Colônia e uma das cervejarias que fabrica a Kölsch, uma cerveja típica de Colônia, de coloração dourada, aroma levemente frutado e teor alcoólico de 4,8%.

São 100 anos de cultura, história, tradição de uma família e, acima de tudo, 100 anos de uma deliciosa cerveja!!

image
Foto: divulgação

Tudo começou em 1895, quando Peter Josef Früh, que veio de uma família de cervejeiros, fundou a Apostel-Bräu, uma pequena cervejaria. No começo, os negócios não iam muito bem, e a prefeitura queria fechar a cervejaria por falta de demanda. Mas Peter Früh conseguiu pular esses obstáculos, e depois de alguns anos sua cervejaria era uma das mais populares de Colônia.

Em 1898, ele a vendeu para Heinrich Bädorf, mas continuou como colaborador até 1904.

image
Peter Josef Früh (Foto: rheinische-geschichte.lvr.de)

 

Pouco depois da virada do século ele começou com o seu próximo projeto. No edifício de um antigo teatro em Colônia, na rua Am Hof 12 (ao lado da Catedral de Colônia), Peter Josef Früh construiu uma nova cervejaria: o Cölner Hofbräu P. Josef Früh.

Porém, no início, a população foi cética: poderia este novo projeto de Früh, ao lado de tanta história que é a Catedral, fazer sucesso novamente, como no século passado? As críticas foram rapidamente silenciadas. Em poucos meses, no outono de 1904, a recém aberta cervejaria já era um lugar de peregrinação para os visitantes do mundo inteiro passando por Colônia. Muitos saiam da missa e iam direto para a cervejaria.

Assim, a Früh ganhou a marca de „Bestes Brauhaus der Stadt“. (“Melhor cervejaria da cidade.”)

image
fotocommunity.de

Mas esse ainda não foi o final feliz dessa cervejaria… Em 1915, Peter Josef Früh morreu. Sua viúva, Gertrud Früh, assumiu o negócio com suas duas filhas, Netty e Christel.

Tempos difíceis vieram para a cervejaria: a inflação de 1923, a sexta-feira negra em 25 de Outubro 1929 e a Grande Depressão subsequente até os anos 1930.
Em 1930 morre Gertrud Früh, e Engelbert Rochels assume.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Colônia foi quase totalmente destruída (90% da cidade ficou em ruínas) e o prédio da cervejaria não foi poupado. Por causa de vários bombardeios, a cervejaria foi queimada em grande parte, em fevereiro de 1944.
Früh teve mais sorte que qualquer cervejaria de Colônia. Mesmo com o seus estragos, a cervejaria não desistiu, as portas foram novamente abertas para todos que tinham sede e desejo de Kölsch.

Früh não fabricava somente Kölsch, mas também uma chamada Dünnbier (cerveja magra), para outras cervejarias que tinham sido totalmente destruídas nas guerra. Com isso, Früh conseguiu se erguer rapidamente, e em 1950 a nova fachada já estava completamente restaurada. Os anos de 1960 e 1970 foram dominados pelo crescimento da empresa.

Uma nova era começou com a terceira e quarta geração, com Hermann Müller Senior e Eduarf Rolff. A partir de 1969, Früh começou a vendar sua Kölsch em garrafas, assim todos podiam desfrutar sua Kölsch em casa.

image

Hoje, mais de 40 milhões de litros são vendidos por ano. E além disso, a cervejaria também é um restaurante, com deliciosas comidas típicas alemãs.
A cerveja é servida em tradicionais copos cilíndricos, altos e estreito. A cerveja custa 1,70 euros.

A cervejaria está aberta de segunda a domingo das 8:00 até 24:00. Um típico café da manhã com direito a linguiça e tudo, é servido das 8:00 às 11:00. E a cozinha está aberta das 11:00 às 23:45.

E o porão da cervejaria, que pode ser reservado para festas, está aberto de terça a quinta das 17:00 às 24:00, sexta e sábado das 12:00 às 01:00 e está fechado domingos e segundas.

No verão, em frente à cervejaria, uma maravilhosa Biergarten anima as noites quentes de Colônia.

Biergarten em frente a cervejaria (Foto: divulgação)

 

É possível fazer reservas e um download do cardápio no site oficial da cervejaria:

Reservas neste site.

Cardápio neste site.

Texto: by Frida

Thalys_ Image Banner 728 x 90