Wismar 1
Eu, Felipe e o Wasserkunst em Wismar

Wismar é encantadora e única!! Fica no norte da Alemanha no estado de Mecklenburg-Vorpommern, a 45km de Lübeck.

Foi uma importante cidade da Liga Hanseática e se caracteriza pelas suas famosas construções de tijolos. A cidade inteira entrou na lista da UNESCO, como cidade Patrimônio Mundial desde 2002.

No centro da cidade antiga está a maior praça do mercado da Alemanha (10 mil metros quadrados), rodeado por edifícios elegantes, em estilo gótico alemão que vão do século XIV ao século XIX, quando apareceu o estilo românico do Art Nouveau.

No ponto central da praça está o Wasserkunst, uma fonte de ferro forjado importada da Holanda, em 1602. Ela serviu até 1897 para fornecer água potável para a cidade.

O lado norte da praça está a prefeitura, construída em estilo neoclássico entre 1817 a 1819. Outro edifício notável na praça é um armazém antigo em estilo gótico chamado Alter Schwede (antiga sueca), erguido em torno de 1380.

Três igrejas se destacam na cidade: a Georgenkirche e a Marienkirche, ambas muito destruídas durante a Segunda Guerra Mundial e que durante o regime da Alemanha Oriental não foram restauradas. A Georgenkirche, por exemplo, começou a ser restaurada somente em 1990. A Marienkirche, do século XIV, foi uma igreja enorme e notável. Dela somente restou sua torre de 80 metros de altura e o restante foi destruído na guerra. Hoje o visitante pode ver as marcações do lado da torre onde ficava a nave da antiga igreja.

A Nikolaikirche é a maior riqueza de Wismar. Por incrível que pareça ela não foi bombardeada durante a Segunda Guerra Mundial. Sua fachada impressiona com imagens de seres mitológicos e santos. O seu interior é um espetáculo!!

Perto desta igrejas está a Fürstenhof, residência dos antigos príncipes de Wismar. Uma parte deste prédio foi inspirado no estilo renascentista italiano.

Em 1922 a cidade foi cenário para um dos mais famosos filmes de vampiros do cinema, Nosferatu. No filme a cidade se chamava “Wisborg”.

A primeira loja de departamentos da Alemanha, a Karstadt, foi fundada em Wismar em 1881 em um magnífico prédio em estilo Art Nouveau na Krämerstraße. A loja está em funcionamento no mesmo local até hoje.

Wismar 23
O Alter Schwede, lindo edifício de tijolos
Wismar 20
Edifícios que fazem parte da Rathausplatz, a praça da prefeitura
Wismar 19
A torre da Marienkirche
Wismar 16
Fürstenhof, residência dos antigos príncipes de Wismar
Wismar 14
Edifícios Patrimônio da UNESCO enfeitam a linda Wismar
Wismar 6
Ruazinhas, Patrimônio da UNESCO, em Wismar
Wismar 4
O belo edifício da Rathaus (prefeitura)
Wismar 21
Belos edifícios em Wismar
Wismar 7
A maravilhosa Nikolaikirche
Wismar 25
A Rathausplatz

Wismar 26

Um pouco da história da cidade:

Wismar virou cidade com direitos cívicos em 1229, e se tornou posse de Mecklenburg em 1301.

Em 1259 a cidade fez um pacto com Lübeck e Rostock a fim de defender-se contra os numerosos piratas do mar Báltico e à partir desta união, se tornou poderosa na Liga Hanseática, com importantes fábricas de lã.

Embora a peste negra tenha matado 10 mil dos seus habitantes em 1376, a cidade permaneceu razoavelmente próspera até o século XVI.

Em 1648, com a Paz da Westphalia, Wismar se tornou posse da Suécia. Somente em 1903, a Suécia finalmente renunciou suas reivindicações sobre a cidade.

Na virada do século XIX as indústrias mais importantes de Wismar eram as de ferro, máquinas, papel, coberturas de feltro e asfalto. Houve também o comércio considerável, especialmente por mar, nas exportações de grãos, incluindo sementes oleaginosas e manteiga, e as importações de carvão, madeira e ferro.

Durante a Segunda Guerra Mundial, Wismar foi fortemente danificada por ataques aéreos aliados. No final da guerra na Europa, Wismar foi capturada por forças britânicas e canadenses em 2 de maio de 1945. Em 1 de julho de 1945, devido aos acordos da Conferência de Yalta fazendo Wismar uma parte da zona de ocupação soviética da Alemanha, as tropas britânicas partiram e as tropas soviéticas entraram na cidade.

Atrações do porto de Wismar em fotos:

O porto de Wismar é maravilhoso. Passeios de barcos, barraquinhas vendendo as delícias culinárias do norte da Alemanha, shows de artistas itinerantes…tudo uma festa!!

Wismar 13
O Grube, ou o “buraco” é um dos mais antigos cursos de água artificiais da Alemanha (século XIII). Ele flui a partir do cais para toda a cidade antiga de Wismar.Um longo passeio por suas margens é uma delícia…
Wismar 9
O Wassertor é o último dos cinco portões da cidade. Foi construído em 1450 no estilo gótico de tijolos. Esta é o lado da frente do portao
Wismar 28
Lado de trás do portão
Wismar 12
O Lohberg é um lugar pitoresco perto do Porto Velho. Aqui estão armazéns coloridos e edifícios de armazenamento onde há muitos restaurantes e pubs. No verão, o lugar é muito movimentado
Wismar 27
A Scheuerstraße é uma linda rua com prédios impressionantes onde ficavam instaladas antigas ex-cervejarias da cidade. Estes prédios variam do estilo gótico ao Neoclassicismo.
Wismar 29
O Alter Hafen (antigo porto de Wismar)
Wismar 11
Wismar 10
Delícias culinárias no antigo porto de Wismar

Wismar é um passeio obrigatório se você estiver na região norte da Alemanha! Não deixe de visitar tanta história e cultura. Reserve um dia inteiro para ela. Emocionante!!!

Booking.com