O cenário não poderia ser mais perfeito: lagos, um castelo de contos de fadas em uma ilha, belos edifícios e praças antigas…pronto! O centro histórico de Schwerin está formado!
Schwerin é a capital do estado de Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental, no norte da Alemanha. Uma região belíssima que encantou duques, nobres e simples mortais. No início Schwerin era nada além de uma enorme fortaleza eslava em uma ilha no Schweriner See (lago). Ela havia sido construída por Niklot, o último governante de uma tribo chamada os Obotrits, que foram derrotados pelos cristãos.
Quando Henrique, o Leão, um duque cristão e conquistador fundou a cidade em 1160, a cidade não era nada mais do que um pequeno povoado na praça do castelo. A partir daí, Schwerin cresceu muito ao longo dos séculos tornando-se uma das mais disputadas cidades do norte.Vários incêndios devastadores no século XVI e XVII destruíram o que havia crescido ao longo de centenas de anos. A Guerra dos Trinta Anos deixou suas marcas de destruição, e os conflitos entre duques brigando com as classes da sociedade local, acabaram com a harmonia da cidade.Apesar de todas estas guerras e destruições uma coisa ficou: Schwerin possui tesouros culturais e arquitetônicos que foram coletados e criados por seus governantes, aristocratas e o clero. Eles são as testemunhas da história preservada até hoje e que faz de Schwerin um importante centro de cultura. Edifícios como  a catedral gótica de tijolos, as casas em enxaimel, o Museu do Estado e, claro, o mágico castelo antigo na ilha bem no centro da cidade, ainda contam muito da história da cidade.

 

A catedral e a praça do mercado de Schwerin:

 

A praça do mercado da cidade antiga de Schwerin é cercada pela  prefeitura (Rathaus) construída em falso estilo Tudor inglês; o Monumento do Leão (Löwendenkmal), que relembra aos visitantes as origens da cidade, e o “Säulengebäude” (edifício da coluna). Este edifício era o salão do mercado tradicional da cidade e agora foi transformado em um agradável café. Atrás dele, a magnífica catedral (Dom) com vista para a cidade.

É o edifício mais antigo de Schwerin, mas foi reconstruído e modificado ao longo dos séculos. Entre 1260 e 1416 a catedral foi construída para ser uma basílica gótica, com uma nave central e duas naves laterais. Das preciosas decorações góticas de seu interior apenas algumas peças permanecem: a cruz do altar, uma pia batismal de bronze de 1325, o grande órgão com seus 5.100 tubos de estanho e a cruz do triunfo, do ano de 1420, originalmente pertencentes ao “Marienkirche” em Wismar, que foi destruída na 2° Guerra Mundial.Todos os anos acontecem vários concertos com organistas internacionais dentro da catedral. A torre de 117 m de altura, no entanto, é muito mais jovem do que o órgão. Ela só foi acrescentada no século XIX. De sua plataforma o visitante pode desfrutar de vistas deslumbrantes sobre a cidade e seus lagos. Imperdível.

A praça do mercado de Schwerin e o Löwendenkmal
A praça do mercado e o Löwendenkmal. A torre da catedral à direita
A catedral de Schwerin e o Säulengebäude com suas colunas brancas
A catedral de Schwerin e o Säulengebäude com suas colunas brancas
O prédio da prefeitura de Schwerin
O prédio da prefeitura e outras belas casas da praça
A bela Friedrichstrasse e seus restaurantes deliciosos em Schwerin
A bela Friedrichstrasse e seus restaurantes deliciosos

No coração da cidade encontra-se o  lago Pfaffenteich. Ele foi criado artificialmente como uma lagoa de um moinho que ficava ali no século XIII. Ao seu redor existem vários edifícios elegantes, como o da casa do tribunal criado pelo arquiteto Demmler.

O antigo prédio do Arsenal se destaca como o mais interessante destes edifícios. Demmler tinha construído este prédio para o grão-duque, em 1837. É um exemplo do estilo inglês-Tudor e hoje abriga o Ministério do Interior de Mecklenburg-Vorpommern.
Um passeio pelas margens deste lindo lago é um descanso…vale a pena.

Muitos eventos interessantes acontecem ao redor do lago como o “Altstadtfest” (Festival Cidade Velha) ou a Regata do Dragão que todos os anos no verão (geralmente em agosto) tem espaço no lago. Trata-se de uma grande concentração de barcos exóticos com motivo de dragões. Este festival é um dos maiores da Europa, com mais de 200 equipes de todo o mundo que participam do evento. O entretenimento ainda inclui bandas ao vivo, regatas divertidas e fogos de artifício.

42-36171685
A Regata do Dragão (foto: Corbis Imagens)
42-36171684
A Regata do Dragão (foto: Corbis Imagens)
Schwerin 9
O prédio do Arsenal e o lago Pfaffenteich
O lago Pfaffenteich em Schwerin
O lago Pfaffenteich

 


Demmler foi o arquiteto mais famoso da cidade. Vários edifícios de prestígio projetados por  Georg Adolph Demmler formam a paisagem urbana de Schwerin. Durante os seus estudos na Academia Técnica e Arte em Berlim, Demmler tinha sido o discípulo do famoso Karl Friedrich Schinkel. Mais tarde ele se tornou o arquiteto da corte ducal de Schwerin. Ele entrou para o serviço de Mecklenburg em 1823. No entanto, por causa da sua elevada consciência social e participação na comissão do cidadão de Schwerin, Demmler começou a ter problemas com a sociedade da corte e foi removido de seu cargo em 1851.O arquiteto Demmler:

Alter Garten:

O “Alter Garten” é uma das praças mais bonitas e impressionantes em Schwerin. Está situada em frente à ilha do palácio e costumava ser a horta e pomar dos duques.
Os edifícios de prestígio ao redor da praça foram todos adicionados no século XIX: O Teatro do Estado de Mecklenburg, o Staatliches Museum e o Palácio Antigo.

Schwerin 17
Alter Garten
Schwerin 12
O Staatliches Museum
O Teatro de Schwerin
O Teatro de Schwerin

 

O Palácio de Schwerin:

Do lado de fora, o visitante vislumbra um verdadeiro castelo dos contos de fadas. O Palácio de Schwerin é um dos castelos mais bonitos da Europa. É de tirar o fôlego…
Ele está situado em uma ilha no lago “Schweriner See” e foi usado durante séculos pelos  Duques e Grão-Duques de Mecklenburg (séculos XVI a XIX).  Hoje abriga o Parlamento do estado de Mecklemburgo-Pomerânia Ocidental, mas o Palácio pode ser visitado. É impressionante.

No Palácio o visitante tem a oportunidade de ver as câmaras e salas de representação do Grão-Ducado, a sala do trono ( magnífico ) e muito mais.

Os jardins do Palácio são maravilhosos e sugiro uma caminhada bem demorada para conhecê-lo. É um colírio para os olhos. E se depois de toda a caminhada  você precisar sentar sugiro um delicio café no  “Schlosscafé” ou na “Orangerie”, ali no palácio. São os locais perfeitos para fazer isso. Mas lembre-se: só faça este passeio no verão.
No verão o castelo abre das 10-18h e os ingressos custam 4,00 euros adultos e 2,50 crianças.

O Palácio de Schwerin
O Palácio de Schwerin (foto: Harald Hoyer)
O Alter Garten e a entrada para o Palácio
O Alter Garten e a entrada para o Palácio


Schwerin 16

Schwerin 25
Os impressionantes jardins do Palácio
Schwerin 27
O lago Schweriner See que circunda todo o Palácio

Schwerin 26

 

Schwerin 30
Um das sacadas do Palácio e o lago Schweriner See

 

Schwerin 33
Os fundos do Palácio e a linda Orangerie
Schwerin 34
O lago e a gruta do Palácio
Schwerin 35
A gruta do palácio

Schwerin 36

Schwerin 37
Uma das salas do Palácio

Schwerin 39

Schwerin 40
Vista do lago Schweriner See de uma das janelas do palácio
Schwerin 43
Sala do Trono
Schwerin 42
Teto da Sala do Trono
Schwerin 44
Detalhe do teto da Sala do Trono

Schwerin 45

Restaurantes em Schwerin? Há vários, um mais gostoso que outro. Sugiro o Alt Schweriner Schankstuben, que é também um confortável hotel: http://www.schankstuben.de/

Thalys_ Image Banner 728 x 90