A cidade de Hamburgo fica às margens do rio Elba e é considerada a porta de entrada da Alemanha para o resto do mundo, por ter o maior porto do país, e o segundo mais movimentado da Europa. Ela também é conhecida como a “Veneza do Norte” por causa dos inúmeros canais que cortam a cidade. Tem 1,7 milhões de habitantes e é a segunda maior cidade da Alemanha.

A cidade tem orgulho de ser conhecida como uma das cidades que fizeram parte da Liga Hanseática (entre os séculos XIII e XVII) e hoje é um estado independente.

No século XIX e início do século XX, milhões de pessoas deixaram a Europa para ter uma vida melhor no novo mundo através do porto de Hamburgo. Seu porto é o coração da cidade, um lugar com inúmeras atrações.

Hamburgo tem 2302 pontes, mais do que Veneza e Amsterdam juntas. Com 90 consulados, a cidade só perde para Nova York. Hamburgo também é uma cidade ideal para passeios de famílias com crianças.

Começando pela mais sensacional galeria de artes da Alemanha, a Kunsthalle, até os clubes na Reeperbahn. E ainda tem muito mais…Para começar, não venha para Hamburgo de passagem: ela merece pelo menos 3 dias inteiros de passeios, pois é fantástica a oferta de atrações e entreterimentos: são 31 teatros, 6 auditórios, 50 museus e 4 mil restaurantes.

O impressionante prédio da prefeitura de Hamburgo

O impressionante prédio da prefeitura de Hamburgo

 

A maioria dos jornais e revistas do país tem sede na cidade, e a cidade também é um dos principais locais da indústria aeroespacial do mundo. Uma das fábricas de montagem de aeronaves da Airbus fica nos arredores de Hamburgo.

Hamburgo tem uma boa rede de metrô e ônibus que cobrem praticamente toda a cidade. À noite, o ônibus noturno (Nachtbus), liga os bairros da periferia e o centro da cidade.

O que fazer em Hamburgo?

Mas, explorar a cidade a pé ou de bicicleta (no verão) é uma maravilhosa descoberta. Comece pela Altstadt (Cidade Antiga), no centro da cidade. Dali, você chega até a Rathausmarkt, antiga praça de mercado na Idade Média onde está o imenso e imponente prédio neo-renascentista da prefeitura de Hamburgo, a Rathaus, símbolo da cidade.

Esta parte da cidade é encantadora, com destaques para os antigos armazéns, as grandes ruas comerciais e as lindas pontes. Não deixe de visitar a Rua Cremon, onde você pode encontrar lojas, casas residenciais tradicionais e o cais. A Deichstrasse, uma antiga rua comercial, tem lojas e um grande número de restaurantes e bares que convidam você para ficar e relaxar. Imperdível!

 

O Binnenalster à frente e o Außenalster no fundo. A linda prefeitura é o destaque da foto

O Binnenalster à frente e o Außenalster no fundo. A linda prefeitura é o destaque da foto

Os canais de Hamburgo

Os canais de Hamburgo

Restaurantes da Deichstrasse

Restaurantes da Deichstrasse

Os canais de Hamburgo

Os canais de Hamburgo

 

O rio Alster é um afluente do rio Elba. No centro de Hamburgo o Alster foi represado formando dois lagos artificiais, o Binnenalster e o Außenalster.  Nas suas margens estão instaladas arcadas com shopping centers, lojas de grife, cafés e restaurantes que chegam até a prefeitura. Um paraíso!

O grandioso hotel Kempinski Atlantic faz parte deste cenário: luxuoso e refinado, já foi locação de vários filmes, entre eles 007 – O Amanhã Nunca Morre. Lá ficavam também hospedados os milionários que partiam nos transatlânticos rumo às Américas, isso a mais de 100 anos atrás.

Hamburg 5

As arcadas no Alster

As arcadas no Alster

A impressionante Chilehaus, construída em 1922.

A impressionante Chilehaus, construída em 1922. Este edifício foi uma tentativa de construir um tradicional edifício de tijolos com design moderno: e deu certo! O edifício é magnífico!

 

Na margem sul do lago Binnenalster, a partir do Gänsemarkt, começa a Jungfernstieg, uma das ruas comerciais mais belas e requintadas em todo o mundo e que acompanha o rio Alster. Tem uma infinidade de cafés e restaurantes com mesas externas. Este local é ótimo para o fim da tarde. Aproveite para jantar por ali.Antigamente, as famílias mais abastadas vinham passear na Jungfernstieg com suas filhas solteiras (em alemão, “Jungfern”), na esperança de encontrar um bom partido.

Muitas vezes dava certo, outras, as moças continuavam solteironas! Os prédios dessa magnífica avenida também são muito bonitos: tanto as construções históricas como as modernas abrigam alguns dos melhores hotéis da cidade, bancos e a entrada do shopping Europa Passage, um dos mais chiques da cidade.

O porto de Hamburgo logo a frente

O porto de Hamburgo logo a frente

 

Ali também há pequenos cais de onde partem barcos para passeios pelos lagos de Hamburgo. Os passeios saem a cada 30 minutos no verão.A mais importante das igrejas de Hamburgo, a St. Michaelis, foi construída em 1751 e ela não é somente a igreja barroca mais importante do norte da Alemanha, mas também tem o maior relógio da Alemanha, com uma circunferência de 24 metros.Sua torre, o “Michel”, apelido carinhoso dado pelos habitantes de Hamburgo, tem 132 metros de altura e tem uma plataforma de observação. Ver o porto e a cidade dali de cima é incrível!

A Michaeliskirche e sua famosa torre, a "Michel"

A Michaeliskirche e sua famosa torre, a “Michel”

O incrível shopping Europa Passage

O incrível shopping Europa Passage

A Jungfernstieg

A Jungfernstieg: maravilhosa

 

O porto de Hamburgo é o segundo maior porto da Europa, e só é superado pelo de Rotterdam, na Holanda.Ele está localizado no Rio Elba e com saída para o Mar do Norte é enorme: ocupa uma área de 75 km². Tem 60 docas grandes e pequenas, diversos terminais para contêineres, podendo receber simultaneamente mais de 300 navios para carga e descarga. Nos primeiros 6 meses de 2012 passaram pelo porto de Hamburgo 65,8 milhões de toneladas de produtos. Em média 12 mil cargueiros passam pelo porto de Hamburgo todos os anos, além de fantásticos e luxuosos transatlânticos.

O transatlântico Queen Mary 2 sempre é presença constante nele.O porto nasceu na Idade Média e tem mais de 800 anos de história. Durante a Segunda Guerra Mundial foi bombardeado, mas foi reconstruído, e hoje é um dos mais mordernos do mundo.No porto, não deixe de visitar um dos navios-museus ancorados ali, o Cap. San Diego, construído em 1961 como um navio de carga e que é desde 1986 um navio-museu.

Ali você poderá visitar os quartos do navio e a cabine do capitão. Imperdível! Outro navio para visitar é o Rickmer Rickmers, um veleiro de três mastros, que serviu como navio-escola da Marinha Portuguesa, entre 1927 e 1962.

O porto de Hamburgo

O porto de Hamburgo

Barcos de passageiros para um passeio pelo rio Elba no porto de Hamburgo

Barcos de passageiros para um passeio pelo rio Elba no porto de Hamburgo

Hamburgo

O porto de Hamburgo

Hamburgo

O Cap. San Diego: visita imperdível

Rua Reeperbahn e o bairro St. Pauli:Este bairro continua sendo o lugar preferido nas noites em Hamburgo: não há nada no mundo que não se encontre em St. Pauli. Ao longo da rua, acumulam-se bares, restaurantes, pubs, discotecas, cafés, clubes, lanchonetes e, principalmente, os famosos bordéis. É o “bairro da luz vermelha” de Hamburgo.Ainda na Reeperbahn fica o único museu de cera originário da Alemanha, o Panoptikum.

O museu conta com mais de 100 figuras da história, entre eles políticos e artistas, incluindo os Beatles, pois foi no bairro St. Pauli onde eles fizeram seus primeiros shows internacionais, ainda antes do sucesso mundial.Se você curtiu a noite toda no bairro, de sábado para domingo, vá até a Fischmarkt, o Mercado do Peixe, que vende de tudo e um ótimo local para comprar artesanato. Abre à partir das 05:00 da manhã, todos os domingos.

Entrada para o Fischmarkt

Entrada para o Fischmarkt

O bairro St. Pauli

O bairro St. Pauli

 

O melhor lugar para compras em Hamburgo? Não deixe de ir no Colonnaden, a rua de pedestres mais antiga de Hamburgo.O Colonnaden foi construído em 1874 e a arquitetura da rua é incrível: muitas casas do período neo-renascentista impressionam pela sua beleza e classe. Ali há muitas lojas interessantes, além de ter muitos restaurantes e cafés nesta rua. Vale a pena passear por lá. Ou vá até a Mönckbergstrasse, é a rua comercial mais famosa da Hamburgo. Nova York tem a sua Quinta Avenida? Hamburgo tem a Mönckbergstraße.  Não perca!

Minha sugestão para um jantar romântico? No restaurante Haerlin do maravilhoso Fairmont Hotel Vier Jahreszeiten. Comida francesa irresistível em um ambiente único!O e-mail para reservas é: gastronomie.hvj@fairmont.com

Procurando hotéis em Hamburgo? Então confira este post!

Edifício interessante no centro de Hamburgo

Edifício interessante no centro de Hamburgo

A parte moderna de Hamburgo

A parte moderna de Hamburgo

 

Afinal: o hambúrguer vem de Hamburgo mesmo?

A história é mais ou menos assim:O porto de Hamburgo sempre esteve apinhado de marinhos e no fim do século XVII, muitos marinheiros russos que desembaram na cidade ensinavam seus costumes, principalmente na culinária, aos marinheiros alemães.

Um destes costumes era comer carne moída crua misturada com temperos. Os alemães torceram o nariz para a carne crua e começaram a assar esta carne em grelhas. Para facilitar o cozimento, eles achatavam a carne, formando discos e comiam com as mãos.

No início do século XIX, quando as imigrações para a América iniciaram pra valer, os marinheiros alemães levaram este costume para os portos americanos aonde foi acrescentado as duas fatias de pão à receita, dando origem ao famoso hambúrger, nome dado em homenagem aos marinhos alemães da cidade de Hamburgo.

 

Mais sobre a Alemanha, suas cidades e suas atrações, veja aqui.

Loja do Por que não? Travels com roteiros e guias à venda, veja aqui.

Roteiros personalizados para toda a Europa, clique aqui.

Curta a página do Por que não? Travels no Facebook clicando aqui.

Veja as fotos do Por que não? Travels no Instagram.

Siga as informações do Por que não? Travels no Twitter, @alemanhapqnao.

 

Eurostar_ Image Banner 728 x 90