“Luxemburgo? É um país ou cidade?  Mas é tão pequena… Tem alguma coisa para se ver lá? Vale a pena?”

Estas e outras perguntas sempre leio nos muitos e-mails que chegam até mim, quando estou organizando roteiros personalizados e sugiro um bate e volta até a linda cidade de Luxemburgo, capital de Luxemburgo.

Esta cidade pode surpreender você!

Então, para acabar de vez com esta difícil dúvida de visitar ou não a cidade de Luxemburgo, darei motivos de sobra para que não percam a chance de conhecê-la. É fantástica!

O país:

Luxemburgo está situada no coração da Europa Ocidental e faz fronteira com a Alemanha, Bélgica e França. É membro fundador da Uniao Européia, OTAN, Nações Unidas e da União da Europa Ocidental.

Fundada em 963, Luxemburgo tornou-se um grão-ducado em 1815, mas perdeu mais da metade de seu território para a Bélgica em 1839.

A sua independência completa foi atingida em 1867. Durante a Segunda Guerra Mundial, a cidade foi tomada pelos nazistas e a população sofreu muito.

Depois de 400 anos de dominação por vários países europeus, os luxemburgueses, cujo lema nacional: “Mir welle bleiwe wat mir si” (“Queremos continuar a ser o que somos”), resume seu espírito independente. O soberano atual, o Grão-Duque Henri, sucedeu a seu pai, o Grão-Duque Jean, que abdicou em 2000 após um reinado de 35 anos.

A Cidade de Luxemburgo:

A Cidade de Luxemburgo é uma das cidades mais ricas do mundo. É um importante centro econômico com mais de 150 instituições de crédito. Além do mais, é também sede do Tribunal de Justiça Européia e do Banco Europeu de Investimentos.



Cidade de Luxemburgo

Entre praças pitorescas (como a Place Guillaume II), grandes avenidas (como a Boulevard Franklin Roosevelt), parques espaçosos (como a Vila de la Pétrusse) e pontes monumentais, a cidade de Luxemburgo ergue-se majestosa!

A cidade tem uma localização impressionante: fica no alto de um promontório com vistas para vales profundos e desfiladeiros. Durante séculos, esses desfiladeiros eram a chave para a defesa da cidade. Hoje este promontório fornece aos visitantes, vistas espetaculares dos parques, pontes (são mais de 100) e da parte antiga da cidade, e são mais conhecidos como a “Varanda mais bonita da Europa” (Chemin de la Corniche).

Ou que tem mais restaurantes com estrelas Michelin per capita do que qualquer outro lugar do mundo? Estes restaurantes dão uma experiência gastronômica de proporções épicas aos visitantes! Isso eu comprovo! Vocês sabiam que a cidade de Luxemburgo foi a Capital Européia da Cultura por  duas vezes, em 1995 e 2007?

Eu disse que a cidade iria surpreender você! E tem muito mais…
Cidade de Luxemburgo

 

Comecem o passeio pela parte mais bonita da cidade que fica entre a Avenue Marie-Thérese, a Place de la Constitution, chegando até o Boulevard Franklin Roosevelt (que homenageia o presidente americano que libertou a cidade no final da Segunda Guerra Mundial). As vistas deste ponto para os jardins do Vale de la Pétrusse e para a Ponte Adolphe são de tirar o fôlego!

Cidade de Luxemburgo
Os jardins do Vale de la Pétrusse

Partindo do Boulevard Franklin Roosevelt a pé, chega-se tranquilamente na enorme praça Guillaume II, com diversos restaurantes e lojas ao seu redor. Aos sábados, esta praça é uma delícia (literalmente): barraquinhas de queijos fantásticos, verduras, frutas perfeitas e muitas, muitas flores atraem os visitantes. Irresistível!

Toda região em volta desta praça é uma beleza: há muitas ruas só para pedestres.

Não deixem de explorar a Place d’Armes, a linda Rue du Curé, com seu intenso comércio, restaurantes badalados e deliciosas confeitarias. Parada obrigatória.

Experimentem os famosos Macaroons, bolachinhas parisienses em diversos sabores e cores.

Cidade de Luxemburgo
Place d’Armes
Cidade de Luxemburgo
A linda Rue du Curé

Um passeio pelo parque da Vila de la  Petrusse é maravilhoso. Um colírio para os olhos ver tanta natureza.

Também não deixem de visitar as incríveis Casemates du Bock, que são restos de antigas fortificações medievais da cidade de Luxemburgo, formado por um complexo sistema subterrâneo de passagens e galerias escavadas nas rochas. Durante a Primeira e Segunda Guerras Mundiais, mais de 35 mil pessoas se escondiam dentro destes túneis medievais.

Enfim, não falta coisa para se fazer em Luxemburgo! A cidade é perfeita para um bate-e-volta de Colônia, por exemplo.

Cidade de Luxemburgo
As antigas fortalezas da cidade e as Casemates
Cidade de Luxemburgo
Passagens subterrâneas, as Casemates
Cidade de Luxemburgo
Abadia Neumünster com a igreja de Saint-Jean Baptiste
Cidade de Luxemburgo
Antigas fortificações e as Casemates
Cidade de Luxemburgo
Palais Grand-Ducal
Cidade de Luxemburgo
Monument du Souvenir Gelle Fra (mulher dourada). Homenagem aos soldados de Luxemburgo que lutaram nas guerras.
Cidade de Luxemburgo
Detalhe do lindo teto da Catedral de Notre-Dame
Cidade de Luxemburgo
Place de la Constitution

Loja do Por que não? Travels com roteiros e guias à venda, veja aqui.

Roteiros personalizados para toda a Europa, clique aqui.

Curta a página do Por que não? Travels no Facebook clicando aqui.

Veja as fotos do Por que não? Travels no Instagram.

Siga as informações do Por que não? Travels no Twitter, @alemanhapqnao.