Como sempre digo, cada cidade na Alemanha que visito tem seu charme irresistível e Bochum não fica atrás.

Devastada durante a Segunda Guerra Mundial, Bochum mudou muito suas formas em várias restaurações durante os anos. Prédios e ruas moldados à lá anos 50, juntam-se com parques, museus maravilhosos, simpáticas ruazinhas e restaurantes de dar água na boca.

Guilherme em frente ao estádio de futebol onde acontecerá a Copa do Mundo de Futebol Feminino

Bochum fica na região do Vale do Ruhr no estado da Renânia do Norte Vestfália a 88km de Colônia. Foi fundada no século XIV e prosperou muito economicamente devido a mineiração de carvão e a indústria do aço no século XIX.
A partir dos anos 60 suas minas de carvão foram fechadas dando lugar às indústrias automobilísticas que tomam conta desta região até hoje.
Um excelente museu, o Deutsches Bergbau Museum, conta toda a história da mineração da região.
Hoje a cidade possui mais de 400 mil habitantes e é uma das sedes da Copa do Mundo de Futebol Feminino que acontece este ano.

O Deutsches Bergbau Museum
Monumento construído em 1908 para homenagear Bismarck, em Bochum

Bochum é mais conhecida na Alemanha e por toda a Europa por sua incrível universidade, a Ruhr Universität Bochum, a primeira universidade fundada depois da Segunda Guerra Mundial, em 1962. A universidade é considerada uma das mais jovens da Alemanha ( a mais antiga universidade daqui é a de Heidelberg fundada em 1386).
Anteriormente, a região do Ruhr não tinha nenhuma universidade, a razão para isso era o receio do governo de que os trabalhadores das minas de carvão com tendências esquerdistas, poderiam se aliar com estudantes também com tendências revolucionárias e comunistas e formar uma feroz oposição tanto para o governo do estado quanto ao governo federal. Então, as universidades se concentravam em Aachen ou em Colônia.
A universidade é uma das maiores da Alemanha e uma das melhores da Europa.
Seu campus está localizado na beira de uma colina acima do Kemnader See (lago Kemnader) e sua estrutura é gigantesca.
Possui 13 edifícios principais de 8 andares cada, agrupados em 4 ou 3 complexos simétricos.
Composto por um enorme refeitório para abrigar seus atuais 38 mil estudantes, um auditório principal para 20 mil pessoas (há vários outros auditórios menores espalhados pelo campus), uma biblioteca central e o um fórum universitário. O auditório principal  abriga a sede da Orquestra Sinfônica de Bochum.

Entrada principal da universidade (fonte RUB)
Vista dos prédios da universidade (fonte RUB)
Campus das engenharias (fonte RUB)
Campus Ciências Aplicadas (fonte RUB)
Campus Medicina (fonte RUB)
Um dos auditórios espalhados pelo campus (fonte RUB)

Com mais de 147 cursos de graduação, a universidade possui ainda um Jardim Botânico que fica em uma vasta área verde de tirar o fôlego. Ali fica o departamento de Biologia e Botânica. No campus “artes” um cinema para o curso de cinema, onde a população de Bochum usufrui; uma estação de rádio que transmite todo o dia e na sua própria frequência; o seu próprio jornal que é distribuído por toda a região; laboratórios; centros de pesquisas ( a universidade é considerada uma das melhores em pesquisas patrocinadas pelo próprio governo alemão); um hospital universitário; hospital veterinário; centros de línguas e dialetos; centros de informática avançada; um planetário; campus de arquitetura, astronomia, arqueologia e muito mais, tudo isso você pode fazer a pé, atravessando o campus passeando pela paisagem arborizada do Vale do Ruhr, lindo! Pelo caminho trabalhos de artistas famosos embelezam o campus.
A agitação da vida universitária é empolgante: recreação, cultura e esportes interagem diretamente na vida de cada universitário de Bochum. Palestras, festivais de verão, música e teatro fazem parte da programação anual da Universidade.

Centro de Artes (fonte RUB)
Jardim Botânico (fonte RUB)
Jardim Chinês no Jardim Botânico da universidade (fonte RUB)

A Ruhr Universität Bochum é reconhecida como uma instituição familiar, pois cria condições para um ótimo equilíbrio entre a família e os estudos. Foi criado uma impressionante infra estrutura no campus, onde os pais universitários deixam seus filhos enquanto estudam, isto até a sua graduação. O governo dá alimentação e vestuário a estas crianças. Escolas, desde o jardim de infância até o ensino fundamental estão à disposiçao delas, além de uma clínica infantil, tudo no local.
E você pode conhecer toda esta fabulosa infra estrutura: visitas guiadas no campus leva você a cada cantinho desta universidade modelo no mundo todo.
Passeio imperdível!

Vista aérea da Universidade de Bochum (fonte Google)
Auditório principal (fonte RUB)
Parque em volta dos prédios da Universidade (fonte Google)
Parque e os prédios da universidade (fonte RUB)
Orquestra Sinfônica de Bochum no Auditório da Universidade
Biblioteca principal da universidade (fonte RUB)
TGV Image Banner 728 x 90